Últimas Notícias

VER TODAS

Agenda

01
DEZ

Missa na Comunidade Nª Sra de Caravaggio - Seben

01
DEZ

Missa na Comunidade Nª Sra das Graças – Três Lagoas

01
DEZ

16ª Romaria dos Motociclistas - Gruta do Araripe

01
DEZ

Almoço Festa do Padroeiro do Vale Verde - local: N. Sra. Aparecida - Cairú

02
DEZ

Reunião da Coordenação e Coordenadores do Cursilho na Sala São Pedro do Rex

04
DEZ

Missa com Benção da Saúde na Capela dos Freis

05
DEZ

Hora de Oração pelas vocações na Sala Frei Bruno do Rex

05
DEZ

Missa na Comunidade São Francisco

06
DEZ

Missa na Capela dos Freis – 1ª sexta-feira do mês

07
DEZ

Reza do Sto Rosário na Ermida Nª Sra de Fátima

07
DEZ

Reunião da OFS na Sala Frei Bruno do Rex

07
DEZ

Missa na Comunidade Nª Sra Aparecida - Cairú

08
DEZ

Missa na Comunidade Nª Sra do Sagrado Coração - Chácaras

08
DEZ

Festa do Padroeiro - Santa Lúcia - Vila Rica

08
DEZ

Missa no Capitel Imaculada Conceição - São Roque Figueira de Mello

09
DEZ

Momento de Oração pelo Cursilho na Comunidade Nª Sra de Caravaggio – Linha Vitória

10
DEZ

Missa na Comunidade São Jorge

10
DEZ

Reunião da Equipe Administrativa na Sala São Francisco do Rex

12
DEZ

Hora de Oração pelas vocações na Sala Frei Bruno do Rex

12
DEZ

Missa na Comunidade Nª Sra das Graças – Linha Brasilia

VER TODAS

Mensagem da Semana

Feliz Natal e abençoado Ano Novo

Quando mais um ano se aproxima de seu fim, o Natal desperta em nós o que existe de melhor. Não pode haver tristeza quando Filho de Deus vem morar conosco.

A equipe sacerdotal – Paróquia de São Pedro – quer agradecer todas as coisas bonitas que aconteceram neste ano. Muitas mãos, muitos corações, muitas equipes, construíram mais um capítulo de nossa centenária caminhada de Fé. Leigos e Leigas em missão, como Sal e Luz, escreveram mais uma página de uma bonita história de Fé e solidariedade pelo Reino, na família, comunidade e sociedade.

Contamos com todos para o ano 2019: Cristo convoca e envia para a Missão.

Um abençoado Natal e Feliz Ano Novo!

Frei Jadir Segala, Pároco.

Mensagem da Semana

Março com São José

Algumas entidades iniciam oficialmente seus trabalhos em março. No Calendário, março é o 3° mês. No tempo do ano transcorreu a 6ª parte. Na Liturgia da Igreja está em andamento a Quaresma, espaço de quarenta dias em preparação à Páscoa, dentro do qual também é proposto o tema da Campanha da Fraternidade, neste ano, “Fraternidade e Superação da Violência” com o lema: ”Somos todos irmãos”.

Em março, entre outros eventos significativos, é lembrado São José, esposo de Maria e pai adotivo de Jesus Cristo (O mês lhe é consagrado e o dia 19 é sua festa litúrgica). Muitas comunidades o tem por padroeiro e muitas pessoas lhe levam o nome. São José dá nome a cidades, regiões, escolas, clubes, associações, institutos religiosos (como é o caso das “Irmãs de São José”, presentes em Garibaldi e em muitos lugares e países).

Pessoa simples, humilde, de pouca história, mas a quem foi confiada a importante missão de zelar pela vida humana do Filho de Deus. Poucas referências bíblicas sobre sua pessoa, levando em conta a grandeza da tarefa a ele confiada. Mas muito amado por Deus de quem mereceu total confiança, pela Igreja que o declarou seu Padroeiro, pelos devotos de todos os tempos e em todos os lugares.

“Homem justo” é o título que lhe confere o Evangelho. Que ele inspire na sociedade de hoje o senso de justiça, de respeito, de fraternidade, de busca da superação da violência com a arma do amor.

  1. José traga para as famílias de hoje o clima da família de Nazaré, harmonia familiar, compreensão, perdão, oração, confiança na providência divina, trabalho solidário, trato social honesto, acolhida alegre do chamado de Deus para colaborar na construção de um mundo mais irmão, que prepara o reino definitivo e perfeito.

Frei Celeste José Conte

Mensagem da Semana

Combater a Indiferença

A campanha da fraternidade deste ano convoca a comunidade a fazermos ações para superação da violência. Um dos nossos desafios será extinguir do meio da comunidade a indiferença com o sofrimento dos pobres, talvez essa seja uma das maiores violências sociais Papa Francisco lembra, “Precisamos de nos deixar renascer, e ultrapassar a indiferença que bloqueia a solidariedade, ou deixar para trás a falsa neutralidade que impede a partilha”. Somente com a sensibilidade ao sofrimento de meus irmãos seremos mais fraternos e solidários. Diante do monstro da miséria, injustiça e violência, é necessário construir um mundo mais justo e fraterno, para que cada pessoa possa viver na paz e harmonia com a criação. O combate a violência começa na nossa maneira de entendermos a miséria humana e nós colocarmos a serviço da vida.

Frei Jadir Segala.

Mensagem da Semana

Carnaval – Quaresma

De pausa ou folga, um “recreio”, para entrar com mais empenho nas celebrações quaresmais, o carnaval passou a ser esta festa social de abrangência incomparável. É uma das festas mais animadas e representativas do mundo. Em Portugal, o entrudo, que deu origem, consistia em brincadeiras, como jogar água, ovos, farinha uns nos outros. Trazido para o Brasil, no século XVII, juntamente com outras festas carnavalescas da Europa: desfiles urbanos, máscaras e fantasias; personagens: colombina, pierrot, rei momo. Seguiram-se os blocos carnavalescos, cordões, carros alegóricos, escolas de samba, carnaval de rua… frevo, maracatu, trios elétricos (cf Vilkipidia). Assim o carnaval tornou-se a festa indispensável para a maioria dos brasileiros.

Importante é não parar no Carnaval. A festa faz bem dentro de critérios de moderação Tudo na medida certa é benéfico. A Quaresma quer nos lembrar que, além da brincadeira, temos responsabilidade, compromisso com a nossa vida e com a dos outros, com o presente e com o futuro, com o que passa e com o que permanece. As cinzas da abertura da quaresma nos apontam para o pó que seremos (Gn 1,19). Mas indicam que “Deus ergue do pó o decaído” (Sl). Por isso, converter-se da busca do que nos leva ao pó para Aquele que nos levanta do pó para a vida definitiva. “Convertei-vos e crede no Evangelho (Mc 1,15)”.

Frei Celeste J. Conte

Mensagem da Semana

Porque muda a data da Páscoa

Há uma estreita relação entre a Páscoa cristã e a Páscoa da Antiga Aliança. Instituída por Moisés.  Páscoa –Passagem –  comemorava a libertação dos judeus do cativeiro do Egito. Na comemoração era imolado um cordeiro sem mancha. Cristo é o verdadeiro Cordeiro Pascal da Nova Aliança. Sua morte redimiu todos os homens. Foi a Páscoa definitiva da nova e eterna Aliança.
Desde os primeiros tempos a Igreja tratou de celebrar solenemente esta data. Cada comunidade celebrava a Páscoa num dia escolhido. O Concílio de Nicéia, em 325, adotou uma data única, a partir da data fixada dor Moisés: na lua cheia de 14 para 15 de Nisã. O Concílio de Nicéia adotou a data de 21 de março, que era exatamente o início da primavera daquele ano. Em consequência, a Páscoa oscila entre 22 de março e 25 de abril e será celebrada no domingo seguinte à primeira lua cheia da primavera no calendário europeu.

A data da Páscoa determina as demais festas litúrgicas. Neste ano a Páscoa será a o1 de abril.  Em decorrência desta data, o início da Quaresma – Quarta-Feira de Cinzas – dia 14 de fevereiro e o Domingo de Ramos no dia 25 de março. Pentecostes, Corpo de Deus e início do Advento também são fixadas a partir da data de Páscoa.

Frei Aldo Colombo.

Mensagem da Semana

Leigo em Missão

O termo «leigo», para designar aqueles que não são ministros extraordinários como bispos, presbíteros e diáconos. Os cristãos leigos não deixaram de afirmar o seu dinamismo apostólico, são os protagonistas da evangelização.

Na família, no trabalho, na escola, no mundo da política e da cultura, nos movimentos populares e sindicais, nos meios de comunicação, é chamado a testemunhar, pela palavra e pela vida, a mensagem de Jesus Cristo. Nessas realidades, é chamado a desempenhar sua missão, necessária e insubstituível.

Frei Jadir Segala.

 

Preencha seu nome e telefone. Em breve entraremos em contato. Obrigado.

vela

Acenda sua Vela